Site Overlay

O que é SEO Técnico – Quais os 5 aspetos, mais importantes, que o seu site tem de garantir!

O que é SEO Técnico

No decorrer das últimas semanas, tenho vindo a partilhar uma série de artigos relacionados com SEO. Tenho tentado descomplicar alguns conceitos, apresentar alguns exemplos e, finalmente, deixar algumas dicas e boas práticas a seguir, para que o seu site, ou negócio, se destaque nos motores de pesquisa… em relação aos outros.

No entanto, este é um assunto que parece não ter fim! Se voltarmos um pouco atrás, vemos que já analisámos:

  • Qual o significado de SEO, como um todo, e alguns dos fatores mais importantes para a sua otimização;
  • A importância do Off-Page SEO e algumas técnicas para utilizar fora do âmbito do seu site; e
  • Como aumentar a visibilidade do seu negócio local com SEO Local.

Apesar de todo este conteúdo, que já partilhei, falta ainda referir dois conceitos importantes e, que apesar de ainda estarem em falta, são extremamente importantes. São eles:

  • O On-Page SEO; e
  • O SEO Técnico (Technical SEO).

Ora… estes dois conceitos estão bastante ligados entre eles. Aliás, o SEO Técnico depende tanto de técnicas de On-Page SEO, como de fatores relacionados com o Off-Page SEO. E é mesmo neste, o SEO Técnico (Technical SEO), que nos vamos focar hoje!

O que é SEO Técnico (Technical SEO)?

O SEO Técnico (ou Technical SEO) refere-se, de uma forma geral, a toda a otimização realizada no seu site, servidor e ferramentas externas, que estão diretamente relacionadas com processos mais técnicos. O objetivo destas otimizações é, obviamente, ajudar os motores de pesquisa a rastrear e indexar o conteúdo do seu site mais eficazmente (promovendo o ranking orgânico).

Efetivamente, os motores de pesquisa, como o Google, dão um tratamento privilegiado a sites que respeitem certas características técnicas. E porquê?! Ora, a resposta é obvia! Pense comigo…

O Google é um serviço gratuito, certo (“Ah e tal, mas tens o Google Ads!” – estou obviamente a falar de todo o processo orgânico – rastreamento, indexação, pesquisa, etc…😝)?! Você não paga para pesquisar um termo, e também não paga para indexar o seu conteúdo, nos servidores do Google. No entanto, e apesar de ser um serviço gratuito, é necessário um vasto poder computacional para este serviço não falhar, e para que este se mantenha estável e atualizado… apenas com isto, torna-se obvio o porquê de um site devidamente otimizado seja privilegiado, certo?! 😉

Assim, parâmetros como a segurança do seu site, este ser “amigo” de dispositivos móveis e, até, a velocidade de carregamento do seu site, são parâmetros de SEO Técnico que precisará, eventualmente, de garantir para assegurar que o seu site está devidamente otimizado.

Vejamos 5 dos aspetos que considero mais importantes…

#1 – Use um certificado SSL no seu site!

#1 - Use um certificado SSL no seu site!

Um certificado SSL é, basicamente, uma tecnologia que garante uma ligação encriptada entre o servidor, que o está a alojar o seu site, e o seu browser. Pode, facilmente, verificar os sites que têm um certificado ativo através do seu URL – um site seguro começa sempre com “HTTPS”, em vez do tradicional “HTTP”.

Efetivamente, em 2014 a Google anunciou que queria ver o “HTTPS” em todos os sites na web. Assim, como resultado desta vontade, desde 2018 (se não me engano) que todos os sites sem um certificado SSL são considerados inseguros, perante o motor de pesquisa. Torna-se obvio que, se o seu site não estiver em conformidade, este vai ser penalizado nos resultados de pesquisa…

#2 – Mantenha o seu site rápido!

#2 – Mantenha o seu site rápido!

Relacionado com o que disse anteriormente, os motores de pesquisa, preferem sites que carregam rápido. Assim, a velocidade de carregamento é, sem dúvida alguma, um dos fatores mais importantes para o ranking do seu site.

E que tal testar você mesmo a velocidade do seu site? – É simples:

  • Aceda à página PageSpeed Insights
  • Insira o link do seu site (por exemplo, https://localstarmedia.pt)
  • Clique em analisar
  • Poucos tempos depois, obtém o seu resultado

PageSpeed Insights

No âmbito do SEO Técnico, existem bastantes fatores que condicionam a velocidade de um site. Por exemplo:

    • Compressão de imagens – Certifique-se que todas as imagens que faz upload para o seu site estão em formato comprimido, com o máximo de 1600px de largura (aconselhado 1200px) e com um tamanho que não exceda os 300kb. Se utiliza o WordPress, tem plug-ins que fazem este tratamento automaticamente.
    • CACHE – Certifique-se que o CACHE para as páginas do seu site está ativo. Quase todos os CMS têm uma opção para controlar o CACHE. Se utiliza o WordPress, tem inúmeros plug-ins à escolha.
    • Um alojamento rápido – aloje o seu site sempre em alojamentos com provas dadas, e afaste-se de alojamentos gratuitos ou menos credíveis.
    • Scripts e plug-ins – Restrinja o uso de scripts e plugins ao mínimo possível
    • Folhas de estilo – Utilizar apenas uma folha de estilos (CSS) em vez de várias também pode ajudar para um carregamento mais rápido.
    • Compressão GZIP – Assegure que as páginas do seu site são comprimidas pelo servidor.
    • Compressão de código – Mantenha o seu códico o mais comprimido possível (HTML, CSS e Javascript), utilizando ferramentas como as incluídas em https://www.minifier.org/.

#3 – Garanta que o seu site é “mobile-friendly”!

#3 - Garanta que o seu site é “mobile-friendly”!

Não é novidade nenhuma que, cada vez mais, navegamos na internet através do nosso smartphone, tablet ou phablet. E, esta tendência, é algo que não vai mudar… só aumentar, a cada dia que passa!

Assim, garantir que tem um site responsivo, e adaptado aos dispositivos móveis, é outro fator extremamente importante. Aliás, considero que o desenvolvimento do seu site, ao contrário do que era noutros tempos, deverá ser sempre “mobile-first” e, posteriormente, adaptado a dispositivos “desktop”.

#4 – Já criou o Sitemap XML do seu site?!

#4 – Já criou o Sitemap XML do seu site?!

Outra forma, de ajudar os motores de pesquisa a rastrear e indexar o conteúdo do seu site, é disponibilizar um sitemap, em formato XML. Este ficheiro, para além de listar todas as páginas do seu site, que deseja ver indexadas, ajuda, também, os motores de pesquisa a perceberem a periocidade de atualização dos seus conteúdos. Na prática, o sitemap XML indica:

    • A localização exata das páginas que deseja ver indexadas;
    • A data da última atualização de cada página, em específico;
    • A prioridade da página, perante as outras páginas do seu site; e
    • A frequência com que atualiza o seu site, ou as páginas do seu site.

Se utiliza um CMS (Content Management System) para gerir o seu site, como por exemplo o WordPress ou o Concrete5, é muito provável que tenha uma ferramenta que o gera, atualiza e o comunica automaticamente. Caso tenha um site em HTML, terá de o gerar manualmente, através de uma ferramenta como esta https://www.xml-sitemaps.com/, e comunicá-lo através do https://search.google.com/ (no caso do Google).

#5 – Adicione Dados Estruturados (Schema Markup) ao seu site!

#5 – Adicione Dados Estruturados (Schema Markup) ao seu site!

Os Dados Estruturados, de forma geral, são um pedaço de código que, ao adicionar às páginas do seu site, ajudam os motores de pesquisa, tais como o Google, a identificar, organizar e apresentar o conteúdo de uma determinada página, dentro do seu site.  Ou seja, o Google, por exemplo, consegue indexar o seu site muito mais eficazmente. Vejamos um exemplo:

exemplo pastel de nata dados estruturados

Como é que o Google sabe que isto é um conteúdo relacionado com o pastel de nata?! E como é que sabe a sua classificação em “estrelas”?! Ora, aí está a importância dos Dados Estruturados!

Assim, na pratica, se através dos Dados Estruturados os motores de pesquisa têm o trabalho facilitado, obviamente o seu site terá prioridade, sobre outros que não tenham esta otimização.

 

Chegámos ao fim deste conteúdo, mas não dos relacionados com SEO 😊! Espero que o tenha ajudado, mais uma vez, a otimizar a visibilidade do seu site e, obviamente, do seu negócio. Se tiver alguma questão, envie-nos aqui ou através das nossas redes sociais, teremos todo o gosto em “ouvi-lo”!

Até já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Scroll Up